Sem categoria

Uma ponte para o futuro! Assim dizia Michel Temer. Mas, de repente tudo deu em Nada. E então, era uma vez um vice-presidente que sonhava em ocupar a tão sonhada cadeira presidencial. E que faria de tudo para que isso pudesse acontecer. Foi então que surfando na onda de um governo legitimado pela maioria nas urnas, porém, fracassado em gestão e força política viu então a possibilidade de ascender ao Cargo. Dava-se então início as grandes articulações que foram do rompimento institucional às amarras do Congresso Nacional em não aprovar as medidas necessárias para a retomada do crescimento do País somada às inúmeras denúncias de corrupção que com o apoio em manifestações populares resultou em impeachment, por mais de 300 votos de Deputados Federais e mais de 70 Senadores que acolheram a tese de crime de responsabilidade civil de uma presidente eleita, mas que evidenciava a conivência à corrupção institucionalizada de sua agremiação partidária e seus coligados, que tanto pregava o combate a corrupção, defendendo desde sua fundação a ideia de uma sociedade mais justa e igualitária com distribuição de riqueza e igualde de condições, e agora sucumbiu em Perda total de controle e gestão pública. Foi então que cadeira mudou de dono. Mas, o que não se pudia prever, nem mesmo pelo sonhador, agora presidente, era o grande avanço das investigações da Operação Lava Jato. E então tentaram estancar a sangria da briosa operação. Mas era tarde, pois prisões foram decretadas e condenações severas recaiam sobre figuras de renome da politica nacional. Daí por diante as delações premiada já assombravam o atual presidente. Pois delatores e ministério Público Federal já trabalhavam com provas. Até que então a mídia noticiou o que já se tinha ideia. O presidente foi gravado em determinando que o apoio financeiro ao seu co-partidário, Eduardo Cunha, já preso, deveria ser mantido para que o mesmo permanecesse em silêncio afim de que nada fosse revelado pelo grande articulador do impeachment quando ainda presidia a Câmara Federal. E então a “ponte para o futuro” começou a desmoronar! E diante desse cenário o Brasil volta a estagnar, e a pedir socorro, para não mergulhar de uma vez por todas em uma recessão politica e encolhimento da economia e a perda total do pouquíssimo crédito na classe política do país pela sua tão honrada e trabalhadora população, que se ver a deriva em um mar de lama e corrupção sem saber ao certo o futuro da Nação!

Anúncios
Sem categoria

F1: Filho de Schumacher fará homenagem ao pai em Spa — VEJA.com

O filho de Michael Schumacher, Mick, fará uma homenagem ao 25º aniversário da primeira vitória do heptacampeão mundial na Fórmula 1. Antes do Grande Prêmio da Bélgica do próximo fim de semana, o piloto de 18 anos dará voltas de demonstração em uma antiga Benetton, equipe pela qual Michael Schumacher conquistou a primeira de suas 91 vitórias, no…

via F1: Filho de Schumacher fará homenagem ao pai em Spa — VEJA.com

Sem categoria

Governo planeja privatizar raspadinha da Caixa — VEJA.com

O governo federal planeja vender a Lotex, braço de loterias instantâneas da Caixa Econômica Federal. A Lotex é responsável pela raspadinha, que permite que os jogadores saibam o resultado logo após a compra do bilhete. Segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a privatização pode ocorrer ainda neste ano. “Estamos em andamento, conversando com a Caixa,…

via Governo planeja privatizar raspadinha da Caixa — VEJA.com

Sem categoria

Grave acidente em Pinheiro deixa vítima fatal e feridos — AtéHoje!

Dois carros se chocaram e, em seguida, foram parar na águas do Rio Pericumã.

via Grave acidente em Pinheiro deixa vítima fatal e feridos — AtéHoje!

Sem categoria

11 de Agosto, Comemoramos em Causa Própria! Feliz dia do Advogado(a)

E que Neste dia 11 se renove todas as forças para o combate no magnifico exercicio da Advocacia! E que com a elegância ineterente à classe, nunca nos falte o desejo de proteção aos direitos individuais e coletivos, o dever de cumprir a Constituição e as Leis lutando sempre por uma sociedade democrática que pratique a cada dia a ordem social com a politica da legalidade, moralidade e eficiência ao nosso povo. Tendo apenas como nosso único limite, a humildade para que sob a proteção de Deus, mesmo tendo todas as evidencias da concretização de um Direito, possamos abrir mão dele se tivermos diante da verdadeira Justiça! Parabéns a todas as amigas e amigos advogados! (Manoel Filho)

Sem categoria

De herói a uma grande farsa!

O jornal argentino La Nación difundiu uma campanha para que “o legado do comunismo” não seja homenageado no país latino-americano. Uma das iniciativas envolve remover uma estátua de Ernesto ‘Che’ Guevara da cidade de Rosário, onde um dos líderes da Revolução Cubana nasceu. Uma petição online arregimentou milhares de assinaturas favoráveis em algumas horas, depois…

via Jornal faz campanha para derrubar estátua de Che Guevara na cidade de Rosário — JORNALIVRE

Sem categoria

Os 10 truques da Renault para o Kwid custar R$ 29.990 — EXAME

Subcompacto abriu mão de itens banais para garantir o preço atrativo. Será que vão fazer falta?

via Os 10 truques da Renault para o Kwid custar R$ 29.990 — EXAME

Sem categoria

A vitória comprada!

No dia 02 de agosto de 2017 mais um espetáculo no picadeiro da política de pão, “emendas” e circo do cenário político brasileiro aconteceu. Agora era a famigerada votação pela Continuidade ou arquivamento da Denúncia contra os Supostos Crimes cometidos por Temer. E como já se esperava o Presidente conseguiu garantir apoio necessário de no mínimo 170 votos de Deputados Federais que lhe garantiram no cargo.

O espetáculo ainda pode ser considerado um desfecho do que aconteceu no mesmo picadeiro em 31/08/2016. Ou Seja, quando imprensa nacional dava grande destaque ao noticiário:  “Senado aprova impeachment, Dilma perde mandato e Temer assume”

Na ocasião e a bem da lembrança política do Nosso Pais,  após o recebimento da denúncia pelo Então Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (hoje cumprindo pena)  e seguindo para aprovação do Relatório pelo plenário da casa,  a Presidente Dilma foi afastada e perdeu mandato com a consolidação do julgamento no Senado Federal por 61 votos favoráveis e 20 contrários acontecendo também o não menos espantoso fatiamento o julgamento e destruição do artigo 52 da Constituição Federal, quando os Senadores sob a batuta do Presidente da Mais alta corte de justiça desse Pais, rejeitaram pena de inabilitação da petista para funções públicas.

Todavia, a “vitória” do dia 02 de agosto 2017 arrancada pelo Presidente da República, por mais de 260 votos de Deputados a favor do arquivamento da denúncia, quando se esperava apenas o mínimo de 170,  não foi conquistada que tinha por interesse o desenvolvimento dos rumos da Nação, mas sim, uma vitória a custo de bilhões de reais do suor do povo brasileiro torrados em liberações em emendas partidárias que embora sejam legalmente possíveis, escancararam a mais alta  organização  partidária para manutenção de Poder . Que nos faz sentir o gosto do estelionato político a que somos levados a cada pleito eleitoral.

O derramamento de dinheiro e a distribuição de cargos em troca de apoio político para Barrar a Denúncia contra o Temer, são o retorno que os péssimos políticos dão a sociedade.

Todavia, a votação dada pela maioria dos Deputados não representa o desejo do Povo Brasileiro. A compra do apoio poderá garantir a permanência do Presidente no cargo. Mas, jamais dará ao mesmo a imagem e idoneidade de um Presidente legitimado pelo povo. Mas infelizmente há pouco a se fazer e por isso mesmo é necessário o maior envolvimento político do cidadão que cumpre suas obrigações e luta por seus direitos para frear e extinguir os maus político que aproveitam do cargo para benefício próprio e ou de seus grupos políticos.

A barganha que aconteceu no Congresso Nacional, acontece também nos anos de pleito eleitoral para a escolha de nossos representantes políticos e por isso somos responsáveis pelo abismo político em que vivemos. E só sairemos dele somente com a mudança de pensamento de cada cidadão brasileiro, pela tomada de consciência da importância de um pleito eleitoral que definirá nossas vidas. Cabe a nós, e somente a nos decidirmos se viveremos deitado eternamente em berço esplendido de um verdadeiro estelionato político, ou se queremos um Pais de representantes e representados éticos, corretos e cumpridores das obrigações da lei sempre em busca da probidade administrativa. Somente esse despertar poderá fazer que consigamos construir um Brasil melhor. E é chegada a hora, pois mais uma oportunidade se avizinha com o ano de 2018.

Aqui nascemos, aqui temos que lutar para melhorar, portanto Movimente-se por um Pais melhor. (Manoel Filho/Advogado/Pós-graduado em Direito Público)