Sem categoria

Uma ponte para o futuro! Assim dizia Michel Temer. Mas, de repente tudo deu em Nada. E então, era uma vez um vice-presidente que sonhava em ocupar a tão sonhada cadeira presidencial. E que faria de tudo para que isso pudesse acontecer. Foi então que surfando na onda de um governo legitimado pela maioria nas urnas, porém, fracassado em gestão e força política viu então a possibilidade de ascender ao Cargo. Dava-se então início as grandes articulações que foram do rompimento institucional às amarras do Congresso Nacional em não aprovar as medidas necessárias para a retomada do crescimento do País somada às inúmeras denúncias de corrupção que com o apoio em manifestações populares resultou em impeachment, por mais de 300 votos de Deputados Federais e mais de 70 Senadores que acolheram a tese de crime de responsabilidade civil de uma presidente eleita, mas que evidenciava a conivência à corrupção institucionalizada de sua agremiação partidária e seus coligados, que tanto pregava o combate a corrupção, defendendo desde sua fundação a ideia de uma sociedade mais justa e igualitária com distribuição de riqueza e igualde de condições, e agora sucumbiu em Perda total de controle e gestão pública. Foi então que cadeira mudou de dono. Mas, o que não se pudia prever, nem mesmo pelo sonhador, agora presidente, era o grande avanço das investigações da Operação Lava Jato. E então tentaram estancar a sangria da briosa operação. Mas era tarde, pois prisões foram decretadas e condenações severas recaiam sobre figuras de renome da politica nacional. Daí por diante as delações premiada já assombravam o atual presidente. Pois delatores e ministério Público Federal já trabalhavam com provas. Até que então a mídia noticiou o que já se tinha ideia. O presidente foi gravado em determinando que o apoio financeiro ao seu co-partidário, Eduardo Cunha, já preso, deveria ser mantido para que o mesmo permanecesse em silêncio afim de que nada fosse revelado pelo grande articulador do impeachment quando ainda presidia a Câmara Federal. E então a “ponte para o futuro” começou a desmoronar! E diante desse cenário o Brasil volta a estagnar, e a pedir socorro, para não mergulhar de uma vez por todas em uma recessão politica e encolhimento da economia e a perda total do pouquíssimo crédito na classe política do país pela sua tão honrada e trabalhadora população, que se ver a deriva em um mar de lama e corrupção sem saber ao certo o futuro da Nação!

Anúncios
Sem categoria

https://eleicoes.uol.com.br/2018/noticias/2018/03/29/barbosa-deve-se-filiar-ao-psb-em-7-de-abril-para-disputar-a-presidencia.htm Joaquim Barbosa! Uma nova liderança ou apenas mais uma aventura Política?

Joaquim Barbosa candidato a presidência do Brasil seria o surgimento de mais uma nova liderança, ou apenas mais uma aventura Política? A resposta apenas o tempo vai revelar! Contudo é possível perceber que o Brasil hoje vive uma realidade completamente adversa no cenário político em que o descrédito da população em seus representantes, nos candidatos e partidos politicos tradicionais poderá fazer com que as eleições 2018 traga resultado completamente imprevisíveis ou improváveis sobretudo para o comando da Nação! Assim caberá aos eleitores, a difícil tarefa da analise para escolha do melhor candidato que deverá passar sem dúvida pelo critério do que nunca se envolveu em corrupção, ou qualquer conduta que possamos evidenciar crimes ao longo da sua história.://eleicoes.uol.com.br/2018/noticias/2018/03/29/barbosa-deve-se-filiar-ao-psb-em-7-de-abril-para-disputar-a-presidencia.htm

Sem categoria

Turismo cada vez mais forte! E é claro, a cidade faz valer tudo isso.

A capital do Ceará, Fortaleza, é apontada na França como um dos seis destinos a serem descobertos em 2018. Isso porque o jornal “Le Figaro” destacou a cidade como nova rota dos franceses, a partir do centro de conexão de voos (hub) da Air France-KLM/Gol, que começa a operar voos em maio deste ano. Os […]

via Fortaleza é apontada por jornal francês “Le Figaro” entre os seis destinos a serem visitados em 2018 — Diálogos Políticos

Sem categoria

Cenário Social para 2018 — Cidadania & Cultura

Bruno Villas Bôas (Valor, 18/12/17) informa que, depois de uma década em queda, a pobreza cresceu fortemente no país durante a recessão. De acordo com levantamento do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (Iets), pouco mais de 9 milhões de brasileiros foram empurrados para baixo da linha de pobreza em 2015 e 2016, reflexo […]

via Cenário Social para 2018 — Cidadania & Cultura

Sem categoria

Congresso mantém veto a mudança na Lei Maria da Penha — VEJA.com

O Congresso Nacional manteve o veto presidencial a uma mudança da Lei Maria da Penha que pretendia permitir a delegados de polícia aplicar medidas protetivas às mulheres vítimas de violência doméstica. A justificativa do veto é que a proposta invade o campo de atuação do Poder Judiciário, já que cabe ao juiz determinar essas medidas. O…

via Congresso mantém veto a mudança na Lei Maria da Penha — VEJA.com

Sem categoria

Brasil ocupa 103º lugar em ranking de liberdade de imprensa, — Diálogos Políticos

RIO – A Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa de 2017, pesquisa produzida pela ONG Repórteres sem Fronteiras, manteve o Brasil praticamente estagnado em relação ao ano passado: de 104º lugar em 2016, subiu para 103º neste ano. O ranking conta com um total de 180 países. Apesar de ter subido uma posição, a pesquisa indica que o Brasil teve […]

via Brasil ocupa 103º lugar em ranking de liberdade de imprensa, — Diálogos Políticos

Sem categoria

Lugar de bandido é na cadeia! Seria essa pois, a melhor definição para o caso? De certo que sim. Saqueadores dos cofres Público que se aproveitam dos cargos aos quais foram confiados pelo povo, deveriam ser a essência do mais belo exemplo dos Princípios constitucionais que regem a Administração Pública, (Gestores e Administrados/Representantes e representados). Todavia, o que pode ser facilmente visto é o oposto. O voto que confere aos eleitos a responsabilidade de conduzir a Administração Pública pelo pelos caminhos da Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência, perde seu digno valor quando é dado ao representante político corrupto, que além de péssimos exemplos, seus atos carregam prejuízos trazendo mazelas em todos os ramos da sociedade. Portanto, roubar ou dilapidar o Patrimônio Público consiste em atentado criminoso contra a Sociedade Civil Organizada e precisar de reprimenda da Justiça à quem escolheu assim agir. Dito isso, Vale afirmar que o entendimento deve ser o mais simples e claro possível: “Quem pratica crime, é criminoso”. E criminoso vive as margens da sociedade e dela precisa ser retirado até que se ressocialize para viver em retidão social. Do contrário, lugar de bandido será sempre na cadeia. (Dr.Manoel Filho. Advogado/Pós-Graduado em Direito Público.

Brasília – O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou os pedidos de liberdade feitos pelos deputados estaduais Jorge Picciani e Paulo Melo, ambos do PMDB do Rio de Janeiro e presos na Operação Cadeia Velha em novembro sob a acusação de participarem de um esquema de propinas no setor de transporte público.…

via Toffoli nega pedidos de liberdade de Jorge Picciani e Paulo Melo — EXAME

Sem categoria

Legislação Trabalhista no Brasil e no Mundo!

A nova legislação trabalhista — “flexibilização do mercado de trabalho” no jargão neoliberal ou tucanês –, sancionada em julho de 2017 pelo governo golpista dos aliados em torno do peemedebismo corrupto, começou a valer no dia 11 de novembro de 2017. A reforma altera mais de 100 pontos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), […]

via Como Defender Seus Direitos Trabalhistas — Cidadania & Cultura